Adubação mineral do amendoim. I. Ensaio em solos das séries Itaguaí e Ecologia

Norma Bergallo de Arruda, Dirce P. P. de Souza Britto

Resumo


É relatada uma pesquisa realizada com o objetivo de estudar o efeito de N, P, K, Ca e Mg e suas interações sobre a cultura do amendoim (Arachis hypogaea L.). Os trabalhos foram instalados em solos mapeados como das séries Itaguaí e Ecologia, dominantes na área do Km 47 e Baixada de Sepetiba. Nos solos estudados, pertencentes à série Itaguaí, foi positivado o efeito da cal, sendo que em um dos solos desta série houve, também, efeito favorável do magnésio no aumento da produção do amendoim. Sendo solos de uma mesma série, parece estranho o fato mencionado mas é necessário esclarecer que, na série Itaguaí, existem vários tipos de solos cujas reações divergem quanto às adubações e, além do mais, que as respostas do amendoim aos fertilizantes não são constantes, variando muito, mesmo em solos do mesmo tipo. Foi constatada, ainda, a negatividade do potássio num dos solos estudados da série Itaguaí, pois este macronutriente neutralizou, quando junto à cal, ao magnésio e ao nitrogênio, a ação benéfica destes, na produtividade. No solo da série Ecologia, somente o efeito do magnésio foi estatisticamente significativo, mas o magnésio, junto ao fósforo e ao potássio, mostrou reação positiva, enquanto que a cal mostrou reação negativa na produção, embora sem significação estatística.


Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461