Adubação e densidade de semeadura na produtividade e qualidade de sementes de ervilha

Ruy Rezende Fontes, Leonardo de Brito Giordano, Tarcísio Gomes da Silva Campos, Osmar Alves Carrijo

Resumo


Visando a estudar o efeito de quatro níveis de adubação e três densidades de semeadura na produtividade e qualidade de sementes secas de ervilha, da cultivar 'Petrolini’ instalou-se um experimento em solo classificado como Latossolo Vermelho-Escuro, fase cerrado. Das variáveis analisadas, apenas o número de grãos por vagem não sofreu influência dos tratamentos empregados A produtividade de semente e o número de vagens por planta foram afetados pela densidade de semeadura. O número de vagens por planta e o ciclo da cultura aumentaram e o "stand" final diminuiu, à medida que aumentou o nível da adubação empregada, resultando em menor produtividade de semente por hectare. Apenas para o "stand" final a interação mostrou-se significativa. O poder germinativo e o vigor das sementes apresentaram-se altamente satisfatórios, após dois anos de armazenamento, em condições ambientais. Altas produções de sementes secas obtidas nos diferentes tratamentos ressaltam o potencial da região para a produção de sementes desta leguminosa.


Palavras-chave


ervilha; Pisum sativum L.; sementes; adubação; densidade de semeadura

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461