Adubação mineral e população de Mononychellus tanajoa em mandioca

Alba Rejane Nunes Farias, Antonio Carlos Zem, Jayme de Cerqueira Gomes, Manuel Claudio Motta Macedo, Carlos H.W. Flechtmann

Resumo


O ácaro Mononychellus tanajoa (Bondar) (Acarina: Tetranychidae) tem sido um sério problema para a mandioca, em regiões tropicais, quentes e secas, causando desfolhamento e morte da gema apical. Entre outros, o estado nutricional das plantas tem sido fator de aumento ou diminuição da população. Um experimento em casa telada, com plantas irrigadas regularmente, não expostas à escassez de água, com tratamentos de adubação nitrogenada, fosfatada e potássica combinadas, mostrou uma relação negativa entre a adubação com nitrogênio + fósforo e nitrogênio + fósforo + potássio, aplicados ao solo, e a ocorrência do ácaro verde. Observou-se uma relação positiva entre a adubação e a produção de matéria seca da parte aérea.


Palavras-chave


adubação; Mononychellus tanajoa; mandioca

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461