Alterações nas características químicas de um oxissolo sob irrigação

J. Ribamar Pereira, F. B. Siqueira

Resumo


O presente trabalho consistiu em se fazer uma avaliação das características químicas de um oxissolo do Perímetro irrigado de Bebedouro, em uma área de 130 ha, após um período de sete anos de cultivo intensivo sob condições de irrigação. Esta avaliação foi feita através da comparação dos resultados analíticos de amostras de solo coletadas a 0-30, 30-60, 60-90 e 90-120 cm com resultados de análises do solo virgem, antes da operação do projeto. Através das médias dos resultados foi observado que o pH não se alterou. A condutividade elétrica do extrato de saturação cálcio e magnésio trocáveis aumentou em todo o perfil. O sódio decresceu nas primeiras camadas, aumentando com a profundidade. Com relação ao potássio, ocorreu um nítido incremento desse nutriente na camada de 0-30 cm, decrescendo, entretanto, com a profundidade. O "fósforo disponível", na camada de 0-30 cm, aumentou em torno de 10 vezes, decrescendo abruptamente nas camadas inferiores, indicando que não houve movimento desse elemento no solo.


Palavras-chave


solo; salinidade; manejo; irrigação; fertilizantes; resíduos; oxissolo

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461