Antibióticos em rações de suínos

Rodolfo Nascimento Kronka, Kango Ohashi, José Alves Machado, Roberto Massanobu Tanimoto

Resumo


Trinta suínos mestiços (Landrace-Wessex) foram utilizados num experimento para determinar os efeitos de diferentes níveis de colistina e bacitracina às rações, sobre o desenvolvimento e as características da carcaça. Os resultados de ganho de peso e conversão alimentar não foram estatisticamente diferentes entre os tratamentos nas fases de crescimento e acabamento dos animais. O tratamento T4 produziu maior área de olho-de-lombo do que os outros tratamentos. O rendimento de carcaça, espessura de toucinho, área de olho-de-lombo, comprimento de carcaça e rendimento de pernil não foram estatisticamente diferentes entre os tratamentos com os diversos níveis de colistina e bacitracina de zinco, nos estádios de crescimento e acabamento.


Palavras-chave


colistina; zinco-bacitracina; carcaça; nutrição

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461