Antígenos do vírus da leucose bovina e anticorpos precipitantes em soros de bovinos

Raymundo G. Cunha, Adenauer Cruz Teixeira, Dilma Moura de Souza

Resumo


Dois antígenos para diagnóstico da leucose bovina (LB) pela prova de imunodifusão em gel (IDG) foram comparados mediante exame de 117 soros de bovinos: um antígeno duplo, contendo glicoproteína gp 51 e polipeptídios interno p 24/25, e o antígeno Leukassay B, contendo apenas a glicoproteína. Os dois antígenos apresentaram resultados similares. Setecentas e quarenta e seis amostras de soros de bovinos, procedentes de 65 fazendas distribuídas por 20 municípios do Estado do Rio de Janeiro, foram, examinadas pela IDG, usando-se, rotineiramente, o antígeno duplo. Apenas 49 soros do município de Petrópolis foram examinados com o antígeno Leukassay B. Duzentos e um soros apresentaram resultado positivo (26,99%), indicativo de infecção pelo vírus da LB, que se mostrou disseminado pelas diferentes microrregiões homogêneas do estado.


Palavras-chave


imunodifusão em gel; antígeno duplo; antígeno Leukassay B; diagnóstico de leucose bovina

Texto completo:

PDF PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461