Alimentação de vacas leiteiras na zona da mata de Minas Gerais. I. Descrição de um modelo conceitual

Airdem Gonçalves de Assis

Resumo


Um modelo de simulação foi desenvolvido numa tentativa de estudar os aspectos relacionados à alimentação de vacas leiteiras nas condições da Zona da Mata de Minas Gerais. Na presente versão especificam-se os níveis potenciais de produção de leite e o modelo estima as quantidades de energia e proteína para atender às necessidades nutricionais de mantença e gestação e para sustentar tais níveis de produção. O balanço nutricional é processado comparando-se os requerimentos totais com as quantidades de nutrientes obtidas pelo animal em pastejo. As deficiências de energia ou proteína, quando observadas, são convertidas em alimentação suplementar de custo mínimo determinada por uma rotina de programação linear. A avaliação econômica é baseada na margem bruta sobre o custo de alimentação, considerando a receita com a venda do leite, os custos de suplementação e o valor da terra ocupada por pastagem e capineira. Apresente publicação descreve o modelo conceitual, enquanto que em futuros estudos serão abordados os aspectos de sua aplicação.


Palavras-chave


necessidades nutricionais; alimentação suplementar; Melinis minutiflora; Pennisetum purpureum; análise de sistemas; modelo de simulação; programação linear

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461