Adubação nitrogenada, inoculação e épocas de calagem para a soja em um solo sob cerrado

M.A.T. Vargas, J.R.R. Peres, A.R. Suhet

Resumo


Foi realizado experimento de campo com soja (Glycine max (L.) Merrill), cultivar IAC-2, visando a estudar o efeito da aplicação de N mineral no plantio, em solo com baixo nível de nitrogênio disponível. Esse nível foi modificado com a incorporação de 26 t/ha de vegetação herbácea natural e com a aplicação de calcário, em duas épocas (80 e 30 dias antes da semeadura), em um Latossolo Vermelho-Amarelo de primeiro cultivo. A absorção de nitrogênio em plantas não inoculadas foi reduzida com a calagem efetuada aos 30 dias. Contudo, nos tratamentos com inoculação, não houve resposta às épocas de calagem ou aos níveis de nitrogênio aplicados 4 dias após a emergência (0, 10, 20 e 30 kg/ha de N), indicando que, mesmo em solo com baixo suprimento de N disponível, é desnecessária a aplicação de pequenas doses de fertilizantes nitrogenados no início do ciclo da soja. O aparecimento dos nódulos ocorreu aos 5 dias e os dados de uma avaliação, efetuada aos 12 dias, mostraram que as plantas apresentavam um nível relativamente elevado de fixação de N2 em todos os tratamentos com inoculação. Avaliações periódicas revelaram que a atividade da nitrogenase atingiu seu ponto máximo pouco depois da floração, sofrendo uma redução acentuada antes do final do enchimento dos grãos.


Palavras-chave


cultivares; inoculação; vegetação herbácea; nódulos; calagem

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461