Análise genética de um cruzamento dialélico de cultivares de tomate. I. Características referentes à produção de frutos

Wilson Roberto Maluf, João Eustáquio Cabral de Miranda, Joenes Pelúzio de Campos

Resumo


Foi efetuada análise genética de características referentes à produção de frutos, em um cruzamento dialélico de seis cultivares de tomate (Lycopersicon esculentum Mill.) - Kada, Santo Antônio, São Sebastião, Ângela, Floradel e BGH 3470, pelo método de Jinks & Hayman. As seis cultivares parentais e seus quinze híbridos F1 possíveis (não se fez distinção entre cruzamentos recíprocos) foram testados no ano de 1977, em dois locais: Viçosa (MG) e Ponte Nova (MG). Não foram detectadas evidências de epistasia nem de sobredominância para nenhuma das características estudadas. Estimativas do grau de dominância revelaram a existência de dominância completa para maior produção total e maior produção comerciável de frutos; de dominância incompleta para maior número total de frutos, maior número de frutos comerciáveis e menor percentagem de frutos rachados; e de ausência de dominância para peso médio de frutos comerciáveis e percentagem de produção precoce. As quatro cultivares biloculares do grupo Santa Cruz (Kada, Santo Antônio, São Sebastiâo e Ângela) mostraram-se geneticamente semelhantes quanto à produção total e comerciável de frutos e número total e comerciável de fruto.


Palavras-chave


Lycopersicon esculentum Mill.; melhoramento; ação gênica

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461