Adsorção de níquel por dois solos: Terra Bruna Estruturada similar e Podzólico Vermelho-Amarelo

Leda Pombo, Valnita Salgado, Sergio Volkweiss, Egon Klamt

Resumo


O níquel (Ni) é elemento considerado poluente ambiental, e, quando disponível em excesso, pode ocasionar problemas de toxidez às plantas e animais que delas se alimentam. O objetivo deste trabalho é estudar a adsorção de Ni nos solos TBEs (Unidade Carlos Barbosa) e PVA (Unidade Bom Retiro), verificando a aplicabilidade da equação de Langmuir e testando a elevação do pH dos solos pela calagem como forma de diminuir sua disponibilidade. O teste de adsorção foi efetuado em amostras dos horizontes superficiais destes solos, em diferentes valores de pH, obtidos com calagem, com soluções de concentrações variáveis de Ni. Efetuou-se a dessorção com CH3COONH4 1 N pH 7,0 em ambos os solos e no solo PVA, com pH de 5,3 e 5,5, respectivamente com CaCl2 1 N e HCl 0,01 N. Em ambos os solos, as adsorções de Ni obedecem à equação de Langmuir; nos extratos de adsorção de Ni, em ambos os solos, o Mg aumentou e o K diminuiu com a elevação do pH do solo pela calagem. A quantidade de Ni a ser aplicada aos solos depende do nível de pH a ser atingido pela calagem, sendo o pH em torno de 6,0 o recomendado. As quantidades de Ni dessorvidas com CH3COONH4 1 N pH 7,0, de ambos os solos, e com CaCl2 1 M do solo PVA com pH = 5,3, foram pequenas, porém as quantidades de Ni dessorvidas com HCl 0,01 N do solo PVA com pH = 5,5 foram elevadas.


Palavras-chave


poluição; toxidez; calagem

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461