Colletotrichum gloeosporioides em repolho, no Estado de Pernambuco

Dêbora Maria Massa Lima

Resumo


Antracnose do repolho, causada por Colletotrichum gloeosporioides Penz. foi assinalada, pela primeira vez em Pernambuco, nos municípios de Gravatá e Camocim de São Félix. Esta espécie de fungo foi isolada das partes afetadas, em meio de batata-dextrose-ágar. Os testes de patogenicidade revelaram-se positivos, vinte dias após a atomização de plantas de repolho com uma solução de Tween 80 a 0,02%, com 105 conídios/ml.


Palavras-chave


Antracnose do repolho

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461