Análise de crescimento do tomateiro em cultura protegida para condições de trópico úmido. I. Produção, PMS, TPMS, TPMSV e TPMSF

Gilberto Martins, Edmar F. C. Vasconcellos, Antonio A. Lucchesi

Resumo


Foi desenvolvido, no Instituto Adventista Agro -Industrial, em Manaus, AM, um experimento com o objetivo de estudar o comportamento de quatro cultivares de tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.) - Kada. Angela, Floradel e Tropic - em sistema de cultivo para as condições do Trópico-Úmido, para identificar as cultivares melhor adaptadas à região. Esse sistema adota o uso de casa-de-vegetação aberta lateralmente, com cobertura de película PVC, sob a qual se fazem cultivos em caixas de madeira. A partir da semeadura, a cada catorze dias, durante todo o ciclo do tomateiro, foram colhidas plantas e determinados o peso da matéria seca das plantas e da matéria fresca e seca dos frutos. Executou-se, dessa forma, a análise de crescimento vegetal das cultivares, avaliando-se, nessa primeira fase, os seguintes parâmetros: produção, peso da matéria seca (PMS), taxa de produção de matéria seca (TPMS), taxa de produção de matéria seca vegetativa (TPMSV), taxa de produção de matéria seca dos frutos (TPMSF). A cultura do tomateiro apresentou pleno desenvolvimento nesse sistema de cultivo. As cultivares do grupo Salada Floradel e Tropic - foram as mais produtivas, permitindo sua recomendação, quando comparadas às do grupo Santa Cruz - Kada e Angela.


Palavras-chave


crescimento vegetativo; aclimação; casa- de- vegetação

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461