Aplicação foliar de fungicidas e sua relação com a qualidade da semente do feijoeiro. I. Qualidade fisiológica

Marco Antonio Lollato, Julio Marcos Filho

Resumo


O presente estudo foi conduzido no IAPAR (Teixeira Soares, PR) e no Laboratório de Sementes da ESALQ/USP (Piracicaba, SP) e teve por objetivo verificar os efeitos de aplicações foliares de acetato de trifenil estanho, hidróxido de trifenil estanho e de clorotalonil isolado ou em mistura com metil-tiofanato, em diferentes fases do ciclo do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.). Avaliaram-se os efeitos dos produtos sobre o rendimento, peso hectolítrico, pureza física, peso de mil sementes, número de sementes manchadas e defeituosas, germinação, envelhecimento rápido, emergência de plântulas e sanidade das sementes, conduzindo-se os testes de vigor e sanidade em cinco épocas com intervalos bimestrais. Concluiu-se que as aplicações contribuíram para elevação dos rendimentos e melhoria da qualidade fisiológica das sementes, beneficiando os pesos unitários e volumétricos, germinação, vigor e sanidade das sementes, além de reduzir o teor de sementes manchadas e defeituosas.


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris; sanidade; pureza física; peso hectolítrico; germinação; vigor; sementes

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461