Ácaros oribatídeos e colêmbolos de uma plantação de café em Sierra Sur, Oaxaca, México

Aldo Bernal Rojas, Gabriela Castaño-Meneses, José Guadalupe Palacios-Vargas, Norma Eugenia García-Calderón

Resumo


O objetivo deste trabalho foi comparar as comunidades de ácaros oribatídeos e de colêmbolos em três parcelas com uso diferente do solo – plantação de café (CP), a vegetação secundária ou pousio (acahual, A) e a floresta nublada de montanha (CMF) – em uma plantação de café situada na municipalidade de Santa María Huatulco, estado de Oaxaca, México. Vinte amostras foram tomadas em cada lote (dez do solo, dez de serapilheira) e processadas em funis de Berlese. A fauna extraída foi preservada em álcool 70%. Um total de 3.031 ácaros oribatídeos pertencentes a 33 espécies e de 1.177 espécimes de colêmbolos de 43 espécies foram coletados. Os números de espécies encontradas foram: 27 no CP (14 oribatídeos e 13 colêmbolos); 44 em A (19 oribatídeos e 25 colêmbolos); e 62 no CMF (32 para cada grupo). Foram encontradas 26 espécies de ácaros oribatídeos e 27 de colêmbolos no solo e 25 espécies de ácaros e 32 de colêmbolos na serapilheira. As espécies mais abundantes foram os oribatídeos Rostroztes foveolatus (Haplozetidae), Tectocepheus sp. (Tecocepheidae), Karenella sp. (Oppidae), Atropacarus (Hoplophorella) cf. fonseciai (Phthiracaridae), Epilohmannia pallida americana (Epilohmannidae); e os colêmbolos Ceratophysella cf. gibbosa (Hypogastruridae), Mesaphorura sp. (Tullbergidae) and Proisotoma cf. minuta (Isotomidae). Foram registradas 18 espécies e 14 famílias de Oribatida e 34 espécies e 5 famílias de Collembola como novos registros para o estado.


Palavras-chave


<i>Coffea arabica</i>; biodiversidade; floresta nublada de montanha; Collembola; serapilheira; microartrópodos; vegetação secundária

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461