Armazenamento em pressão oscilante e trocas gasosas na maçã

Adonai Gimenes Calbo, Noel F. Sommer

Resumo


Propõe-se um sistema de pressão oscilante para frutos e vegetais com baixa resistência ao influxo ou efluxo de ar induzido pela aplicação de gradientes de pressão foi proposto. Maçã (Malus domestica Borkh) foi utilizada como produto modelo porque possui elevada percentagem de volume intercelular e baixa resistência aos fluxos de ar induzidos por gradientes de pressão. A frequência de 1 ciclo/min e as relações de redução de pressão [(Pi - Pf)/Pi)] de 0,22 e 0,34 foram utilizadas com e sem a adição de CO2. Na relação de redução de pressão Pi e a pressão máxima e Pf é a pressão mínima em cada ciclo. Pressão oscilante estendeu a vida préclimática e reduziu a evolução de etileno da maçã nas cultivares 'Gravenstein' e 'Granny Smith'. A relação de redução de pressão de 0,34 foi mais efetiva que 0,22. Os efeitos de pressão oscilante e nível alto de CO2 foram aditivos. Discute-se o potencial de uso de pressão oscilante como um substituto para o armazenamento hipobárico.

 


Palavras-chave


Malus domestica; atmosfera controlada; armazenamento hipobárico

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461