Absorção pelo bezerro recém-nascido de imunoglobulinas extraídas do colostro bovino.

Geraldo T. dos Santos, Jean-François Grongnet, Jean-Louis Maubois, Jacques Lareynie, Michel Piot

Resumo


O objetivo desta pesquisa consistiu em estudar a absorção de imunoglobulinas G (IgG) extraídas do colostro por ultrafiltração e recolocadas em solução salina (IECRSS). Cinqüenta bezerros holandeses Holstein Frisian (ME) recém-nascidos (41 machos e 9 fêmeas) foram distribuídos ao acaso em cinco tratamentos (dez animais em cada tratamento) com a seguinte composição: a. colostro; b. IECRSS + caseino-macropeptídeo (CMP), c. IECRSS + ácido isobutírico; d. IECRSS + extrato liofilizado de colostro, e e. IECRSS pura. O colostro e as IECRSS (à base de 44 g/l de IgG) foram distribuídos à razão de 25 g/kg FV. Os complementos (CMP, ácido isobutírico e extrato liofilizado de colostro) foram incorporados na proporção de: 100, 125, 250 mg/kg PV, respectivamente. Os animais foram alimentados com colostro ou IECRSS + complemento, duas, dez e dezoito horas após o nascimento. As coletas de sangue foram efetuadas antes da ingestão do colostro ou IECRSS, bem como às 26 horas de vida. A temperatura corporal foi medida antes de cada coleta de sangue. A seguir, determinou-se a taxa de hematócrito. Os níveis de IgG foram dosados a partir do plasma, por nefelometija. As IECRSS foram absorvidas em proporções menores em comparação ao colostro in natura, independentemente da natureza do complemento adicionado (PC 0,01). Os níveis de IgG alcançados a 26 horas de vida foram (média ± erro padrão da média): 5,12 ± 0,79; 6,74 ± 0,82; 7,61 ± 1,18; 7,58 ± 0,85 e 14,9 ± 1,39 (g/l), para os tratamentos C, B, E, D e A, respectivamente. A taxa de hematrócrito e a temperatura corporal não foram influenciadas (P >0,05) pelos tratamentos, independentemente da ordem de coleta (entre 0 e 26 h). Conclui-se que as IECRSS, independentemente da natureza do complemento adicionado, não são absorvidas eficazmente como as imunoglobulinas 6 do colostro in natura.


Palavras-chave


IgG; absorção intestinal; caseíno-macropeptídeo; ácido isobutírico.

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461