Aneurisma na artéria aorta em caprinos.

Janete Santa Rosa, Maria Elizabeth Berne, Eugene Harper Johnson

Resumo


De 726 caprinos necropsiados, dois (0,28%) apresentaram aneurisma na artéria aorta, sendo um macho com idade de 48 meses e uma fêmea com cerca de 30 meses. Os animais eram oriundos de um rebanho mantido em regime semi-extensivo com pastejo em caatinga nativa e pernoite em aprisco. Macroscopicamente observou-se palidez das mucosas externas e das vísceras. Nas cavidades torácica e abdominal estavam presentes grandes coágulos resultantes da ruptura das partes afetadas das artérias. As lesões das artérias aorta torácica e abdominal foram caracterizadas pela dilatação das paredes formando estruturas saculares com presença de inúmeros coágulos e tecidos necróticos de aproximadamente 10 cm a 20 cm de comprimento. Histologicamente, observou-se a destruição do tecido endotelial, necrose e infiltração de leucócitos das camadas íntima, média e muscular da artéria. Acredita-se que a causa primária dos aneurismas detectados esteja relacionado com os processos inflamatórios presentes em outros órgãos.


Palavras-chave


ectasia; artéria aorta; patologia; inflamação.

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461