Absorção de uréia via foliar pelo algodoeiro em função do pH da solução

Ciro Antonio Rosolem, Antonio Enedi Barretto, Paulo Cesar Ocheuze Trivelin, Reynaldo Luiz Victoria

Resumo


O algodoeiro (Gossypium Hirsutum) é uma planta sensível a doses e épocas de aplicação de nitrogênio. A pulverização de uréia via foliar tem potencial para se tornar uma prática importante nesta cultura, embora possa haver volatilização do N aplicado. Em casa de vegetação, foi aplicada uréia (15N) a folhas de algodoeiro, determinando-se a absorção de N pela planta nas primeiras 24 horas após a aplicação e estimando-se a quantidade de N volatilizado em função do pH da solução utilizada. O N das soluções com pH baixo (3,0 e 4,0) foi absorvido mais rapidamente que o de soluções com pH mais alto (6,0 e 7,0). Após 24 horas, mais de 90% do N aplicado foi recuperado pelos algodoeiros. Não foram encontradas evidências que demonstrassem definitivamente perdas de N por volatilização em decorrência da atividade de urease nas folhas do algodoeiro


Palavras-chave


Gossypium hirsutum; nitrogênio; adubação; cobertura nitrogenada; volatilização de nitrogênio.

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461