Selenato e selenito na produção e biofortificação agronômica com selênio em arroz

Paulo Fernandes Boldrin, Valdemar Faquin, Sílvio Júnio Ramos, Luiz Roberto Guimarães Guilherme, Carla Elisa Alves Bastos, Geila Santos Carvalho, Enio Tarso de Souza Costa

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de doses de selenato e selenito na biofortificação com Se, bem como a influência dessas formas de Se nos teores de P, S, Fe e Zn nos grãos de arroz (Oryza sativa). O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em vasos com 4 dm3 de um Latossolo Vermelho‑Amarelo distrófico, de textura média, em arranjo fatorial 5x2, com cinco doses de Se (0, 0,75, 1,50, 3,0 e 6,0 mg dm-3) e duas formas de Se (selenato e selenito). Observou-se que o selenato proporcionou maior eficiência na absorção de Se pelas raízes, aproveitamento pela planta, translocação para a parte aérea e teor desse elemento nos grãos. A aplicação do selênio na adubação altera os teores de P, S e Zn, mas não afeta os de Fe nos grãos de arroz.


Palavras-chave


arroz enriquecido; aproveitamento de selênio; segurança alimentar; selenato; selenito

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461